domingo, 24 de maio de 2015

Carnaval de Zé Puluca o maior festejo de momo de Bom Conselho


Projetado para resgatar a memória das expressividades artísticas de Bom Conselho. O Carnaval de Zé Puluca segue firme para o seu terceiro festejo em 2016. Fundado em 13 de junho de 2013. Podemos afirmar que na terra de Dantas Barreto, se homenageia de verdade a classe artística de Bom Conselho. A iniciativa não governamental foi idealizada por Carlos Alberto, presidente da AMABC - Associação dos Músicos de Bom Conselho. Que uma vez no ano, arrasta uma multidão de foliões que percorrem ruas e ladeiras de Papacaça. Nesse encontro e reencontro de folia, é prestada homenagem à memória do imortal maestro Zé Puluca. Que em vida dedicou sua musicalidade a terra que o fez nascer.

Por isso podemos afirmar com total convicção, que na atualidade, o Carnaval de Zé Puluca, é de fato e de direito, o maior evento cultural de Bom Conselho. Destacando-se, em ser o único Bloco Carnavalesco existente em todo Pernambuco, com a maior concentração de homenageados na alusiva imagem de Bonecos Gigantes, oriundos da cultura popular, sendo todos filhos da mesma terra.  

Em 2016, no III Carnaval de Zé Puluca, as ruas de Papacaça ganhará mais três novos ilustres bonecos gigantes: Tonho de Dinda, Galo Preto e Ivan Crespo. Onde se juntarão aos gigantes: Zé Puluca, Pedro de Lara e Basto Peroba. Apadriados pelo imortal da Academia Brasileira de Letras, Ariano Suassuna, que conduzirá o Reinado de Puluca aos braços do povo, através do alusivo Boneco Gigante, já confeccionado em sua memória.  Totalizando 7 (sete) Gigantes que desfilarão no Bloco de Puluca.

Realização: AMABC - Associação dos Músicos de Bom Conselho. Apoio: Governo do Estado de Pernambuco, Secretaria de Cultura e Secretaria de Turismo de Pernambuco, Fundarpe e Prefeitura Municipal de Bom Conselho. 

Carnaval de Zé Puluca, aqui sua alegria vira folia! 

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Viva Basto Peroba, Patrimônio Vivo de Bom Conselho


Sebastião Pereira de Moraes, conhecido popularmente como Basto Peroba, nasceu 01/04/1943, é considerado o melhor Sanfoneiro de Bom Conselho. Ex-aluno de José Duarte Tenório, maestro Zé Puluca. Com quem aprendeu a tocar. Sendo posteriormente integrante da banda de Puluca. Sua musicalidade conduziu também a integrar as bandas Tocantins e Tremendões de Palmeiras dos Índios, sendo Os Tremendões regido pelo saudoso maestro Manoel Moraes. Durante sua trajetória artística tocou com Jerry Adriano, Wanderley Cardoso, Waldick Soriano e Dominguinhos. Mais foi com Luiz Gonzaga, que sua vocação como sanfoneiro impulsionou, a ser o grande musicista  Patrimônio Vivo de Bom Conselho.


AMABC cancela a realização do I Encontro de Sanfoneiros de Bom Conselho


Infelizmente por não haver apoio ao Projeto que visa à realização do I Encontro de Sanfoneiros, durante 22º Festejo do Forróbom. A Direção da AMABC, achou por bem, cancelar o referido encontro. Ficando sua execução posteriormente, para um novo momento. 


Faltam 253 dias para III Carnaval de Zé Puluca


Enquanto isso em Bom Conselho ...



quinta-feira, 21 de maio de 2015

A expressividade Cênica de Piivant e Smanlhyer: A Arte Estouro as Minhas Veias


A arte Cênica abrange o estudo e a prática de toda forma de expressão que necessita de uma representação, como o teatro, a música ou a dança. Onde se divide em cinco gêneros: Trágico, Dramático, Cômico, Musical e Dança. 

O gênero Trágico imita a vida por meio de ações completas. O Drama descreve os conflitos humanos. A comédia apresenta o lado irônico e contraditório. O Musical é desenvolvido através de músicas, não importa se a história é cômica, dramática ou trágica. E a dança utiliza-se da música e das expressões propiciadas pela “mímica”.

“A Arte Estourou as Minhas Veias”. É uma peça do gênero da Dança, que se registra através da fotografia. Expressada pelos jovens artistas bonconselhenses Piivant e Smanlhyer (nomes artísticos). Que sob a orientação da Professora de Arte, Ruth Cavalcante, tem levado os nossos jovens artistas da Arte Cênica. A se apresentarem, nos mais diversos lugares, tendo como destaque maior, o FIG- Festival de Inverno de Garanhuns.

“A Arte Estourou as Minhas Veias”. Uma peça que levará a mais bela arte cênica, até sua cidade.

Contatos:                                                                                                                                     Instagram - Piivant_e_Smanhlyer                                                                     Celular/Whatsapp – (87) 8169-1930 e (87) 8107-5019                                          Facebook - Piivant e Smanlhyer