segunda-feira, 28 de julho de 2014

Deu no Blog do Magno Martins, AMABC defende a criação de um memorial para Ariano


A Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho, através da sua diretoria, entregará aos candidatos ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB), uma proposta de apoio à construção de um memorial em homenagem a Ariano Suassuna, já no primeiro mandato do novo governador.

“Não queremos que passem 25 anos para construção de um memorial, como o que foi feito em homenagem a Luiz Gonzaga. E o que dizer a memória de Capiba, o maior compositor de Frevo de Pernambuco e do Mundo. A AMABC defende que haja comprometimento público do futuro governante de Pernambuco, na edificação de um memorial da grandeza da vida e das obras, desse espetacular paraibano de alma pernambucana, que aprendemos amar e admirar seus valores culturais”, pontuou Carlos Alberto, presidente da AMABC.


Fonte:http://www.blogdomagno.com.br/index.php?cod_pagina=132179


domingo, 27 de julho de 2014

AMABC expede título de sócio benemérito a Galo Preto Patrimônio Vivo de Pernambuco

Mestre Galo Preto
AMABC se prepara para entregar o Título de Sócio Benemérito a Galo Preto, concedido em novembro do ano passado, sendo a terceira comenda outorgada pela entidade de músico em toda sua existência. O referido título são pelos relevantes serviços prestados a cultura de Pernambuco e em especial aos valores culturais do Município de Bom Conselho.

TOMAZ AQUINO LEÃO, nome de batismo de Galo Preto, Coquista, Embolador e Patrimônio Vivo de Pernambuco, nasceu no Sitio Alecrim, distrito de Rainha Izabel, zona rural do município de Bom Conselho, sendo filho de Celestina Cirilo Barros da Silva e Dorival Leão Cavalcante, irmão de Preto Limão, sobrinho de Nevoeiro.
 
O Título de Patrimônios Vivos de Pernambuco, são honrarias que visam contemplar os mestres da cultura popular pernambucana, de notório saber, reconhecidos como Patrimônio Imaterial do Estado, que recebem este título através de um concurso público apoiado na Lei do Registro do Patrimônio Vivo.

Mestre Galo Preto, patrimônio vivo de todos os pernambucanos, trabalhou nas campanhas políticas para governador, desde; Oswaldo Cordeiro de Farias até Eduardo Campos. Nos governos de Nilo Coelho e Eraldo Gueiros, foi um dos artistas escolhido em nosso Estado, para representar Pernambuco na consagrada Festa da Bandeira, na cidade de Brasília-DF, se juntando a Luiz Gonzaga, Nelson Ferreira, Otacílio Batista e Lourival Batista para o referido feito.

Com Carlos, Quartinha e Arlindo dos 8 Baixos, Mestre Galo Preto se apresentava nos principais Hotéis de Luxo do Grande Recife, tornando-se conhecido no mundo todo. Foi dele o primeiro Show Cultural realizado na antiga Casa de Detenção do Recife, que passou a ser denominada, Casa da Cultura, foi lá que o Mestre Galo Preto, junto com Arlindo dos 8 Baixos, se apresentou com Mestre Salustriano em um prestigioso encontro cultural.  

Mestre Galo Preto mesmo fazendo parte da elite da cultura pernambucana, ainda é um ilustre desconhecido pela maioria absoluta dos seus conterrâneos de Papacaça, incógnito  esse por ausência de ações de políticas públicas, voltada ao incentivo e ao fortalecimento da cultura de Bom Conselho, assim como seus notórios valores culturais. A última aparição de Galo Preto na terra de Dantas Barreto, foi com ao lado do saudoso Pedro de Lara, no extinto Cine Brasília, encontro esse promovido na época pela transportadora Urquisa.

Durante todo esse tempo jamais houve um trabalho no sentido de fortalecer a força cultural de Bom Conselho, deixando de valorizar nossos ilustres artistas, condenando o nosso rico legado cultural ao desprestigio. Restando o oficio da divulgação e valorização. a Associação dos Músicos de Bom Conselho, que mesmo sem apoio governamental segue sua saga em defesa da cultura de Papacaça, sobre o comando do seu presidente, Carlos Alberto.  


“Açúcar é doce, doce é um suco, feito da cana do Estado de Pernambuco ...” (Composição do Mestre Galo Preto).


AMABC defende a criação de um Memorial em homenagem a Ariano Sussuana já nesse novo futuro governo de Pernambuco



A Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho, através da sua Diretoria, entregará aos candidatos ao cargo de governo de Pernambuco: Paulo Câmara e Armando Monteiro, uma Moção de Apoio à construção de um Memorial em homenagem a Ariano Suassuna, já no primeiro mandato do novo Governador.

”Não queremos o mesmo destino que levou 25 anos para construção de um memorial na cidade do Recife em homenagem a Luiz Gonzaga, nosso Rei do Baião. E o que dizer a memoria de Capiba, o maior compositor de Frevo de Pernambuco e do Mundo. A AMABC defende que haja comprometimento público do futuro governante de Pernambuco, na edificação de um Memorial da grandeza da vida e das obras, desse espetacular paraibano de alma pernambucana, que aprendemos amar e admirar seus valores culturais. Pernambuco é um grandioso Estado, já condenado a projetar valores históricos para o Brasil e para o mundo. O escritor Ariano Suassuna já faz parte da história da humanidade, um genuíno patrimônio, e não podemos esperar por tanto tempo em render justas homenagens aos imensuráveis homens extraordinários, que já marcaram para o todo sempre, as nossas vidas. Pois Ariano Suassuna é como Pernambuco, Imortal, Imortal e Imortal”. Pontuou Carlos Alberto, presidente da AMABC.

sábado, 26 de julho de 2014

Diário de Pernambuco - Último tributo em vida ao mestre foi no sábado, pela Associação dos Músicos de Bom Conselho



Uma valsa embalou o último encontro do ídolo Ariano Suassuna com fãs anônimos. Romântica, celebrava sonhos, emoções e o amor. Os amigos da Associação dos Músicos de Bom Conselho (AMABC), município Agreste de Pernambuco, esperaram por anos pelo abraço, pela foto que eternizasse a proximidade com o mestre. Conseguiram. Para homenageá-lo e serem afagados por um dos homens que os inspiraram na propagação da arte musical, no último sábado entoaram Fascinação, conhecida na voz de Elis Regina.

Ariano estava hospedado no Hotel Tavares Correia, após uma aula-espetáculo no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), quando uma pequena comitiva autorizada pela assessoria do escritor chegou ao encontro dele “Esperamos tanto por esse momento. Não sabíamos que ele adorava essa música. Quando o maestro Francisco Aguiar começou a tocar o clarinete, Ariano abriu um sorriso e perguntou: como vocês sabiam?”, contou Carlos Alberto de Oliveira, produtor cultural e presidente da AMABC.

O título de sócio benemérito da instituição, honraria aquele que tanto incentivava e fomentava o desenvolvimento da cultura regional, foi entregue na ocasião para Ariano. O hino do Carnaval de Zé Puluca, festividade promovida pela instituição há quase cinco décadas e da qual Ariano era tido como patrono, foi apresentado pelo maestro Francisco Aguiar, e pelo musicista Danilo Aquino, com o seu saxofone. Uma ode á diversidade em quatro composições, como Ariano gostava, simples, feito ele.

Acreditavam os filiados da AMABC que aquela seria uma prévia da prometida aula de Ariano em Bom Conselho. “Estava tudo certo”, confirmou Carlos, em entrevista concedida uma hora antes do anúncio da morte. A expectativa era grande. Ela já tinha sido marcada outra vez. No ano passado, a culpa foi do infarto. No blog carnavaldezepuluca.blogspot.com.br, as solicitações para que a aula acontecesse e o retorno do gabinete de Ariano viraram até postagens. O agravamento do estado de saúde de Ariano seguia o mesmo modelo e era relatado para os leitores, como o patrono merecia. “Desta vez, desde que soube do AVC, na terça bem cedo, fiquei deprimido e triste. Você precisava ver como ele estava no sábado passado. Firme, sorridente, forte ...” narrou o presidente e admirador do escritor”.  “Meu amor por ele tem uma razão de ser: vem da paixão de Ariano pela cultura do nosso povo”. 

Do interior a metrópole, do Nordeste ao Sudeste, tinha fâs. E distribuía simpatia com o jeito de falar popular e acenos. Agradava muitos pela forma colonial com quem falava, ou pela autenticidade das declarações. Ficarão muitas delas. Em reuniões políticas de figurões, agia do mesmo modo Ariano era Ariano.

Por onde andava, se via gente querendo fotografá-lo, pegando autógrafo ou apontando para ele. Era celebridade nacional da categoria dos gênios (só não o definisse e não o defina como “popstar”porque, avesso ao estrangeirismo, ria da expressão. Era figura da espécie dos que, quando morre, um séquito de admiradores procuravam, frase, palavras para falar sobre ele. 

Último tributo em vida ao mestre foi no sábado, pela Associação dos Músicos de Bom Conselho.

Fonte: Silvia Bessa - Diário de Pernambuco - Caderno Especial - Auto de Ariano - Fls,11 - publicado em 24/07/2014. 

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Avisa ao Povo de Bom Conselho que Ariano Suassuna ia até aí mais a morte não deixou





Desde ano passado que a Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho vinha lutando para trazer a Aula Espetáculo de Ariano Suassuna, para ser apresentada a Sociedade bomconselhense, porém já bem próximo da sua realização, o Mestre Ariano teve naquela época um infarto de pequenas proporções, conforme foi anunciado pela então equipe médica do Real Hospital Português, logo em seguida o Professor Suassuna, veio a sofrer um AVC, obrigando sua assessoria a cancelar sua vinda a Bom Conselho.
 

Modelo do Convite da Aula Espetáculo em Bom Conselho
Convite esse na época abraçado pelo nosso saudoso Romançario Ariano Suassuna, pouco menos de dois meses, em visita ao gabinete de Suassuna, o presidente da AMABC, foi informado que a possibilidade da realização da Aula Espetáculo de Ariano, continuava de pé, e que a AMABC poderia publicar em seu Blog dando conhecimento a toda sociedade, e assim foi publicado em inicio de junho desse corrente ano pelo nosso post.


Oficio do Gabinete de Ariano Suassuna
A menos de 10 dias para realização do Festival de Inverno de Garanhuns 2014, a Direção da AMABC, em visita ao Gabinete de Suassuna ficou sabendo, da vinda de Ariano ao FIG 2014, para ministrar sua Aula Espetáculo, sendo o Blog do Carnaval de Zé Puluca em primeira mão, o único Blog a informar a vinda de Ariano Suassuna Ao Festival de Inverno de Garanhuns para ministrar sua extraordinária Aula, com isso a Assessoria de Ariano, convidou a Direção da AMABC, a se encontrar com o saudoso Ariano Suassuna, na Cidade de Garanhuns, no Hotel Tavares Correia, um dia após a realização da sua Aula, encontro esse que foi realizado, num sábado  (19/07).
 

Carlos Alberto – Josafá Mota – Mané Caju
Para tristeza de todos, na terça – feira (22/07) pela manhã, a Direção da AMABC tomou conhecimento do internamento de Ariano Suassuna no Hospital Português vitima de uma AVC hemorrágico, através do Blog Ronaldo Cesar, levando o presidente, Carlos Alberto, a buscar pela sua assessoria informações sobre o quadro de saúde do Mestre Ariano, onde foi prontamente informado que seu estado de saúde era grave, porém estável, e assim foi acompanhado até seu último momento. Josafá Mota Gerente de Articulação e amigo de Ariano Suassuna informou a Carlos Alberto seu falecimento, com a seguinte frase, “Nosso Ariano se foi”, e em seguida pediu ao presente da AMABC que informasse aos bomconselhese, “Avisa ao Povo de Bom Conselho que Ariano Suassuna ia até aí, mais a morte não deixou”.