quarta-feira, 3 de abril de 2019

Obrigado Rainha Layana Rafaelly!!!



Por: Carlos Alberto

Querida Layana Rafaelly, a escolha para você representar a beleza da mulher Bom-conselhense no Carnaval de Zé Puluca, não foi aleatoriamente, e nem tão pouco por indicação. Mesmo sem te conhecer, pude observar que sua beleza transcendia seus encantos feminino. O mais engraçado de tudo isso, é que só depois de alguns meses, te conheci pessoalmente. O que me deixou bastante feliz. Pois pude ter certeza, que meus extintos estavam certíssimos em te escolher. Você carrega uma energia diferente. Uma felicidade constante e contagiante. Acredite você foi na nossa 6ª Edição pré-carnavalesca, a CEREJA do nosso bolo. Infelizmente a mesquinhez de um rei mal coroado, estragou parte da nossa festividade. Pobre rei! Esquece que tudo nessa vida é passageiro. Que nada se perpetua, a não ser o amor. Prefiro Layana seguir os conceitos de Shakespeare “... Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida, aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distancias, e o que importa não é o que você tem na vida, mais quem você tem na vida...”. Afinal amiga, faço das suas as minhas palavras “Nunca vi ninguém ter inveja do feio, odiar o fraco ou desejar o ruim!” Não é mesmo? Em 2020 espero poder contar novamente com a sua graciosa pessoa, assim como seus amigos e familiares!

Obrigado Majestade Layana, por fazer de sua beleza. A mais bela Rainha do Carnaval de Zé Puluca!