quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

T.C.M. Cabeça de Galo confirmar presença no III Carnaval de Zé Puluca


Presidência do Carnaval de Zé Puluca recebe a confirmação da T.C.M – Troça Carnavalesca Mista Cabeça de Galo, o xodó do Carnaval de Olinda, no III Carnaval de Zé Puluca. Presidido pelo grande carnavalesco João Vital, a agremiação Cabeça de Galo comemorará seu aniversário de 10 anos com muito frevo no pé nesse próximo carnaval. E pela primeira vez o corpo carnavalesco Cabeça de Galo, se apresentará em solos bonconselhenses. 

“É com os braços bem abertos que recebo a confirmação dessa tradicional agremiação carnavalesca da cidade histórica de Olinda, terra dos carnavais imortais, dos bonecos gigantes, capital dos clubes tradicionais de mascaras, terra da 1ª capital brasileira da cultura, do Homem da Meia-Noite e da Mulher do Dia. Será um privilégio em poder receber a troça carnavalesca Cabeça de Galo, Presidida pelo grande carnavalesco João Vital, que com sua majestosa Diretoria prestigia a cultura carnavalesca de Pernambuco há 10 amos. Bom Conselho saudará a sua presença ao som de muito frevo pernambucano, cantando seus eternos hinos, dignificando o Cortejo da Folia de Puluca com seu majestoso Galo Gigante”. Pontuou Carlos Alberto. Idealizador e presidente do Carnaval de Zé Puluca.


Carnaval de Zé Puluca se torna a principal festividade da região com o cancelamento do Festival de Jazz


Com o cancelamento definitivo do Festival de Jazz na cidade de Garanhuns, a Folia de Zé Puluca ganha mais destaque, e se tona, o maior evento durante o festivo de momo no agreste meridional pernambucano. Uma festa genuinamente das raízes culturais carnavalescas de Pernambuco. Há dois carnavais a prévia carnavalesca mais esperada vem ganhando destaque na região pela sua proposta, que visa prestigiar os artistas da cultura popular de Papacaça. Preservando, divulgando, resgatando e valorizando a memória artística de um povo apaixonado pela sua cultura e que por falta de incentivo, muitas vezes são obrigado a conviver com subculturas que não representam sua historia, nem o seu legado. Considerado como o Festejo das homenagens o III Carnaval de Zé Puluca, é de fato e de direito a maior e melhor programação pré-carnavalesca da região agrestina. Segundo Carlos Alberto, produtor cultural e idealizador do Carnaval de Zé Puluca, a agremiação disponibilizara durante o cortejo da folia, 40 passistas de frevo, 8 bonecos gigantes, 2 orquestras de frevo, sendo uma dela a Orquestra do Homem da Meia-Noite, blocos olindenses, papangus, maracatu, gente fantasiadas e entre outras atrações. O arrastão que rendem homenagem a memória artística do maestro Zé Puluca, percorrerá ruas e ladeiras de Bom Conselho, sentido ao Polo do III Carnaval de Puluca, onde a grade de atrações de palco se apresentarão em um show memorial, com artistas consagrados, cantando e tocando os eternos sucessos do carnaval pernambucano.

Segundo jornalista Ronaldo Cesar, que também é cantor da cidade de Garanhuns, o Carnaval de Zé Puluca em sua proposta inicial já se mostrou original e de sucesso. Cesar destaca que no ano passado, no debut, quem fez a festa foi o Maestro Spok. Com orquestras de frevo nas ruas, passistas, bonecos gigantes homenageando gente da terra, e milhares de foliões curtindo uma festa sem violência, o Carnaval de Zé Puluca (maestro que por décadas fez carnaval na cidade) se consolidou como alternativa regional. Ronaldo Cesar, que dividiu o palco com Almir Rouche, no segundo Carnaval de Zé Puluca, é dado como certo sua apresentação com a Banda Tropicana, na III Folia de Puluca. E com Alceu, nome maior do frevo pernambucano na atualidade, o sucesso é certo e o evento entra no calendário de momo do estado!


Com você no III Carnaval de Zé Puluca