quinta-feira, 15 de agosto de 2019

TCM A Vaidosa, confirma presença no 7º Carnaval de Zé Puluca


Falar da Troça Carnavalesca Mista “A Vaidosa”, é vivenciar suas duas fases de existência. Primeiro a de 1995, quando a Boneca ganhou em sua forma inicial, aspecto rustico, por onde desfilou até o carnaval de 2008. Em segundo momento a boneca A Vaidosa, passou a faz jus, do seu lindo nome, quando ganhou um upgrade em seu novo visual (2009), pelas mãos do artista plástico Josenildo Bezerra da Silva (Camarão), pai dos bonecos gigantes do Carnaval de Zé Puluca! Por ser natural de uma cidade litorânea, a boneca ganhou marquinha de biquíni, cabelos coloridos, piercing e brincos. Trajando blusinha decotada, com cinturinha de fora. Com tamanha formosura, ganhou por todos que a viram, o seguinte comentário: Que boneca linda! Nossa como ela é Vaidosa! Daí a origem do nome que passou oficialmente a ser “A VAIDOSA”. Naquele mesmo ano de 2009, a Direção da TCM A Vaidosa, desfilou com as duas bonecas juntas, onde a primeira se despediu e a segunda estreou, comandando a sua folia até nos dias de hoje! “A riqueza do Carnaval Olindense é de uma grande indescritível. Tudo nasce do improviso, e com o decorrer do tempo vai ganhando forma, cores e brilhos. Olinda é arte, oriunda do imaginário popular. E nada mais bem exemplificado que o surgimento da linda boneca “A Vaidosa”. Quero registrar meus sinceros agradecimentos ao Presidente da TCM “A Vaidosa”, ao meu amigo Edmilson Nascimento, por confirmar a presença de sua agremiação carnavalesca na 7ª Edição do Carnaval de Zé Puluca, aqui na cidade de Bom Conselho” Disparou Carlos Alberto. Presidente e idealizador do Carnaval de Zé Puluca.

TCM O Invejado, confirma prensença no 7º Carnaval de Zé Puluca


Amaro Branco, tradicional bairro Olindense, será representado pela Troça Carnavalesca O Invejado, no 7º Carnaval de Zé Puluca, na cidade de Bom Conselho, em fevereiro de 2020. A renomada agremiação surgiu da persistência dos seus fundadores, em resposta as inúmeras tentativas de uma pessoa que se dizia amiga do grupo, mas que na verdade tentava a todo custo, inviabilizar a confecção de um Boneco Gigante, cuja a sua missão seria manter viva a cultura carnavalesca da cidade de Olinda, especificamente, no bairro Amaro Branco. Pelas mãos dos artistas Max Pietro e Paulo, nasceu O Invejado. O referido nome se tornaria a nomenclatura da nova Troça Carnavalesca do Bairro Amaro Branco, decisão essa compartilhada também pelos seus fundadores. A Inveja não surtiu efeito e em 2020, a T.C.M O INVEJADO realizará a sua terceira edição carnavalesca. “Bom Conselho receberá de braços abertos, toda irreverência carnavalesca da TCM O Invejado, bloco esse que vem se destacando no Carnaval de Olinda, representando toda a riqueza cultural do Bairro Amaro Branco”. Pontuou Carlos Alberto. Presidente do Carnaval de Zé Puluca.