sábado, 23 de agosto de 2014

Pela saudade que me invade

 
Um mês que o nosso Ariano Suassuna foi chamado para o andar de cima, deixando nosso povo sofrido órfãos da sua rica cultura, legado esse ensinado em suas memoráveis Aulas–Espetáculos, saudades que despontam em lembranças do homem de origem simples, que dedicou sua vida a arte literária, destacando os brios da cultura nordestina, da qual passou a ser um dos mais expressivos defensores da cultura popular brasileira.

Que soem os clarins anunciando ao céu a nossa saudade, ausência essa que invade os nossos corações, externadas ao mestre Ariano Suassuna, paraibano esse de alma pernambucana.

Descanse em paz amigo mestre Suassuna !

Dos carnavais saudosos ...


Felinto, Pedro Salgado, Guilherme, Fenelon / Cadê teus blocos famosos / Bloco das Flores, Andaluzas, Pirilampos, Apôs-Fum / Dos carnavais saudosos / Na alta madrugada / O coro entoava / Do bloco a marcha-regresso / E era o sucesso dos tempos ideais / Do velho Raul Moraes / Adeus adeus minha gente / Que já cantamos bastante / E Recife adormecia / Ficava a sonhar / Ao som da triste melodia.