terça-feira, 29 de maio de 2018

Tu voltas! Entre frutas, verão e tu voltas!


Por: Carlos Alberto

O carnaval de rua é uma tradição cultural brasileira desde o século XIX, festejado na maioria das nossas cidades. De certo, é que, algo de novo está acontecendo nas comemorações dos festejos de Momo de Papacaça. Refiro-me ao surgimento do verdadeiro carnaval de rua. Onde crianças, jovens, adultos e idosos participam dentro de um ciclo totalmente familiar. O Carnaval de Zé Puluca trouxe de volta o genuíno festejo momesco dos tempos de outrora. Onde as pessoas, unidas por um desejo de desfrutar a vida, vivenciavam a liberdade de interpretar seus imagináveis personagens de forma livre! Tempos em que os espaços urbanos, (ruas e praças) eram mais usufruídos, sem violência. Entre encontros e desencontros a palavra de ordem era se divertir. Hoje podemos afirmar que a AMABC, devolveu a cidade de Bom Conselho, junto aos seus cidadãos. Um movimento genuinamente cultural. Que resgata, preserva, protege e difunde os valores tradicionais do nosso povo. É importantesalientar que um festejo carnavalesco demanda muito planejamento, iterando ainda mais os nossos costumes, sem abrir mãos das lindas tradições. Exigindo cada vez mais organização, segurança, infraestrutura e comprometimento com os interesses do bem comum. Ao termino de cada festividade momesca, temos a total certeza, que assim como as frutas e verão, a nossa folia a cada ano vai voltar!

Um festejo carnavalesco só pra eles!


A Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho realizará o 1º Bailinho de Carnaval de Puluquinha, um festejo voltado exclusivamente para o público infantil. O debut da folia de Puluquinha será no dia 17 de fevereiro de 2019. Palhaços, bonecos gigantes mirins, orquestra de frevo, estandarte, entre outras brincadeiras. Animará ainda mais, o lançamento do boneco mirim de Puluquinha. “Este festejo vem com finalidade de fortalecer a continuidade do Carnaval de Zé Puluca por gerações. As crianças de hoje, serão os foliões do amanha, do maior festejo pré-carnavalesco de Bom Conselho. Precisamos valorizar cada vez mais, a cultura nativista da nossa gente. Protegendo, preservando, valorizando e difundindo cada vez mais as nossas tradições culturais”. Declarou Carlos Alberto.