sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Ariano Suassuna perpetuo Patrono do Carnaval de Zé Puluca


Assim quis o livro da vida escrito por Deus, que o Mestre Ariano Suassuna em seus últimos atos em vida, tornasse Patrono do CARNAVAL DE ZÉ PULUCA. Um Projeto de resgate e valorização da expressividade cultural de um musicista, oriundo da cultura popular interiorana, nascido na cidade de Bom Conselho, município esse cravado no agreste meridional pernambucano,  que em vida dedicou sua arte a música, sem os aparatos tecnológicos dos tempos modernos. Estamos falando do saudoso Professor e Maestro José Duarte Tenório, nosso Zé Puluca.

Ariano Suassuna em vida foi um dos mais aguerridos militantes da cultura nordestina, onde dedicou a sua arte literária, até os últimos dias da sua vida. Hoje o Carnaval de Zé Puluca tem o privilegio e a honra em ter nos escritos da sua existência como manifestação da cultura carnavalesca bomconselhense e pernambucana. O extraordinário paraibano de alma pernambucana, ARIANO SUASSUNA. Patrono do Carnaval de Zé Puluca.

O dia 08 de fevereiro de 2015 ficará marcado para sempre em nossos corações, como o dia que Bom Conselho saudou e rendeu homenagem ao Patrono do Carnaval de Zé Puluca. 

Salve Ariano Suassuna, e o seu reino da cultura popular brasileira.   
   

Site do Deputado Manoel Santos destaca II Carnaval de Zé Puluca

 
Com o Título “Carnaval do Zé Puluca animará as ruas do município de Bom Conselho”. O Site do Deputado Estadual Manoel Santos, relatou em seu post oficial no dia 07/02 a seguinte noticia:

Amanhã, às 15h, as ruas do município de Bom Conselho, no Agreste Meridional, serão tomadas por uma multidão que, ao som do frevo de Almir Rouche e de orquestras itinerantes, farão a Troça Carnaval do Zé Puluca. O deputado estadual Manoel Santos é parceiro da iniciativa, que está em seu segundo ano, com a expectativa de arrastar 8 mil pessoas. Ano passado, a manifestação levou às ruas 4 mil foliões. O arrastão iniciará a sua concentração, em frente ao Centro de Convivência do Idoso, no centro da cidade.

Uma marca da Troça são os bonecos gigantes que chamam atenção durante todo o cortejo. Eles buscam valorizar e eternizar os filhos ilustres do município. Zé Puluca, que dá nome à manifestação, foi músico da Associação Villa Lobos e professor das línguas portuguesa, inglesa, francesa e latim, das escolas mais tradicionais do município.

Também ganharam as versões gigantes, Pedro de Lara, o inesquecível jurado do Programa Silvio Santos e o músico Baixo Peroba. Ariano Suassuna que, em seus últimos dias, durante o Festival de Inverno do ano passado, tornou-se patrono do Zé Puluca, também virou boneco gigante. As passistas do Homem da Meia-Noite também serão atração do cortejo.

A atração, promovida pela Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho (AMABC), construiu um Polo próprio, com estrutura de barraca personalizada, segurança e banheiro químico que, será o destino do cortejo.

De acordo com o presidente da AMABC, Carlos Alberto Pereira, apesar de jovem, o Zé Puluca veio para marcar a história de Bom Conselho. “Nosso objetivo é resgatar e valorizar a memória artística local, por meio dos filhos ilustres do município. Estamos lutando para sermos reconhecidos como um carnaval de homenagens e acreditamos que, com o Puluca, estamos ajudando o Governo do Estado a descentralizar o carnaval que, ainda está concentrado na capital pernambucana”, ponderou.
 
Fonte:http://manoelsantos.com.br/?p=1970