sábado, 16 de maio de 2020

Rumo a Rota dos Gigantes Europeus (CASSEL)



Por: Carlos Alberto

Nossa próxima parada é a histórica cidade de Cassel, na França, erguida na majestosa planície da Flandres. Do alto do Monte Cassel, onde um belo moinho de vento de madeira do século 18 se ergue, é de lá que os viajantes poderão desfrutar de uma bela vista da paisagem circundante. Uma caminhada pela parte inferior revela ao visitante a Grande Praça de paralelepípedos, as casas antigas ou a igreja colegiada de estilo gótico flamengo de Notre-Dame.
Com 176 metros de altura, o Monte Cassel é uma colina de testemunhas, uma relíquia da era terciária. Destacando-se ainda por possuir inúmeras antigas estradas romanas que tinham um arranjo radial em torno de sua cidade. 


Famosa por seu gigante Reuze Papá (6,25 mt). O gigante sai duas vezes por ano, o primeiro no domingo antes da terça-feira de carnaval e o segundo no carnaval de segunda-feira de Páscoa, acompanhado por sua esposa, Reuze Mamá (5,85 mt). O carnaval da segunda-feira de Páscoa é a ocasião de uma grande festa em que Reuze Papá e Reuze Mamá reentram na dobra e simbolizam o fechamento do grupo de carnavais na região da qual o mais conhecido é Dunquerque. A banda de Cassel que acompanha os dois gigantes toca a "Reuze mentiu" ou a melodia do Reuze, um tema conhecido por todos os carnavais de Cassel: "Als de groote klokke luidt, de reuze komt uit" através do ruas de Cassel por seis horas O trabalho de Ambroise Bafcop, Reuze Papa, reitor dos gigantes da França, foi criado em 1827. Alexis Bafcop criou sua esposa em 1860. Eles são o símbolo da identidade ferozmente defendida de Cassel. Em novembro de 2005, os gigantes de Cassel passaram a fazem parte do patrimônio mundial da UNESCO como obras-primas do patrimônio oral e intangível da humanidade.