quarta-feira, 20 de setembro de 2017

HISTÓRIAS QUE ANDEI: Mestre Galo Preto Homenageia Carlos Alberto em Dedicatória



Mestre Galo Preto
14 de Setembro de 2017 ficará marcado para sempre na vida do Carnavalesco e Produtor Cultural, Carlos Alberto. A data acima referida foi o dia, em que a Câmara Municipal do Recife Homenageou o Idealizador e Presidente do Carnaval de Zé Puluca.  Mas quem pesa que a homenagem a Carlos Alberto ficou por ai, está bastante enganado. O Tributo desta vez partiu de um Artista consagrado da Cultura Popular Pernambucana, filho esse de Bom Conselho. Estamos falando do Patrimônio Vivo, Mestre Galo Preto. Que além de autografar o seu 1º CD, aos cuidados de Carlos Alberto, fez questão de registrar sua Dedicatória no encarte do livreto do CD “HISTÓRIAS QUE ANDEI”. Carlos Alberto recebeu a referida homenagem, visivelmente emocionado. Afinal, não é todo dia que se é homenageado por um Artista da Importância do Mestre Galo Preto. Vale salientar que o Artista que estamos falando é PATRIMÔNIO VIVO DO ESTADO DE PERNAMBUCO. Titulo esse agraciado pelo GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, ao Mestre Tomaz Aquino Leão (Mestre Galo Preto).

“Ao Amigo Mestre Galo Preto, todo meu carinho e admiração pelo seu extraordinário trabalho e pela linda e generosa pessoa que é. Ainda me lembro do dia em que fui ao seu encontro em Maranguape, Bairro do Município de Paulista, situado na Zona Metropolitana do Recife. Chovia muito nesse dia, nosso encontro foi bem no inicio da noite. Nem mesmo o congestionamento do transito lento que liga Recife a Olinda. Olinda a Paulista, me desanimou. Afinal, iria conhecer pessoalmente um Artista genuinamente consagrado, natural de Bom Conselho. Nosso encontro foi festejado a base de suco de graviola, pandeiro na mão, e poesia e muita melodia. Mesmo diante de uma chuva torrencial, Mestre Galo Preto fez questão de exaltar sua terra natal. Bom Conselho! Citando as principais famílias tradicionais de Papacaça sobre o ritmo de suas Emboladas. Depois desse dia tornamos mais que amigo. Tenho o mesmo como um Pai e Avô. Está no rol das suas Dedicatórias do seu 1º CD, muito me envaidece. Afinal, não é todo dia que se recebe uma homenagem de um Artista que é PATRIMÔNIO VIVO DE PERNAMBUCO. Obrigado Mestre Galo Preto por conceder que o meu nome esteja nesse tão importante trabalho musical para Pernambuco e para o Mundo”. Declarou Carlos Alberto.