sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Tonho de Dinda o camaleão dos festejos de Momo de Bom Conselho


Ele foi o mais emblemático folião de Carnaval que Bom Conselho já viu. Ainda jovens Tonho de Dinda tinha fascinação pelo festejo de Momo. Foi um dos fundadores do Bloco As Piranhas, que após deixar a troça carnavalesca que ajudou a erguer, idealizou o Bloco Sombreiro, folia essa que viveu intensamente até os últimos dias de sua vida. Hoje bem distante da época dos cabelos de multicores e trajes de mulher, Tonho de Dinda resurgirá em forma de um Boneco Gigante que faz alusão a sua saudosa memoria. Por tudo isso a AMABC tem o privilegio e a honra de homenagear, o homem dos cabelos coloridos e com seus mirabolantes penteados de cores e brilhos.

Os gigantes do Carnaval de Puluca sairão de lugares diferentes em seu II festejo



Os Bonecos Gigantes do Carnaval de Zé Puluca estarão em localidades diferentes durante o percurso que renderá no dia 08 de fevereiro de 2015 homenagem a memória do Maestro José Duarte Tenório (Maestro Zé Puluca), assim como aos seus ilustres convidados (Gigantes de Pedro de Lara, Basto Peroba e Tonho de Dinda). Já nesse II Festejo de Puluca o Cortejo da Folia contará com uma ampliação especial em seu roteiro, onde a folia percorrerá ruas e ladeiras de Bom Conselho não contempladas na primeira edição do referido evento. Tudo iniciará com o despertar do Gigante de Ariano Suassuna, que sairá da Sede da Associação Cultura Popular Raio de Luz, acompanhado pelas crianças da entidade cultural. Que seguirá até Praça onde está localizado o Centro de Convivência do Idoso de Bom Conselho. É de lá que o Gigante Anfitrião despertará para conduzir a Folia que ganhou seu nome em uma justa homenagem ao maestro mais aclamado de Papacaça. A ideia consiste que antes da chegada ao Polo do II Carnaval de Zé Puluca, haverá três paradas durante o percurso. Onde a cada parada, os clarins despertarão os Gigantes de Tonho de Dinda, Pedro de Lara e Basto Peroba. Que se juntarão aos Bonecos Gigantes do Maestro Zé Puluca e Ariano Suassuna, rumo ao Polo das apresentações artísticas, em um espetáculo multicultural com muito frevo e magia.