terça-feira, 13 de junho de 2017

CARNAVAL DE ZÉ PULUCA: 4 anos de total dedicação ao festejo momesco mais cultural de Bom Conselho


Por: Carlos Alberto

Hoje 13 de junho a AMABC está comemorando 4 anos de resistência ao movimento que idealizei com tanto carinho para resgatar, preservar, proteger e difundir a memória do nosso saudoso Professor e Maestro, José Duarte Tenório. Conhecido popularmente como Zé Puluca. Como tudo no inicio, algumas diversidades foram surgindo, que aos poucos, sobre orientação divina, passei a administrar. Tarefa essa das mais complexas, que já enfrentei em toda minha vida. Como idealizador da Folia de Puluca, busquei transformar o Carnaval em evento de rua, sem fins lucrativos, apenas com finalidade de ajudar a movimentar a economia de Papacaça, reforçando de forma satisfatória a imagem de Bom Conselho no mapa do turismo momesco de Pernambuco. 


A cada folia gente de todas as idades lotam as ruas por onde os gigantes de Puluca passam. Um forte indicador que o festejo está agradando a todos os Bonconselhenses. Recentemente ganhamos até reconhecimento e prestigio internacional, onde fomos convidados para representar o Brasil na França. As mídias escritas, faladas e televisionadas já registraram o nosso humilde trabalho cultural. A cada ano o Carnaval de Zé Puluca atrai mais gente durante o seu cortejo momesco. Já somos quase 10 gigantes em Bom Conselho. Ganhamos até destaque na Agenda Cultural do Recife. Somos a única agremiação carnavalesca no mundo que Ariano Suassuna tomou como patrono, dias antes de sua partida ao céu. Artistas consagrados com Maestro Spok, Almir Rouche, Alceu Valença, Mestre Galo Preto e Ronaldo Cesar já se apresentaram em nosso humilde palco. Até no Programa Estrelas da apresentadora Angélica os nossos bonecos foram registrados, durante o período de Exposição no Alto da Sé em Olinda. Tudo isso em apenas 4 anos.


Com cordialidade sempre busquei de forma incansável agradar até os mais exigentes. Mais a festa que faço tem endereço certo a seguir. Destina-se alegrar os corações dos nossos genuínos foliões. Gente apaixonada pelo nosso carnaval, que uma vez por ano, reuni amigos e familiares. E juntos perpetuam esse majestoso encontro com seus clicks e fleches disparados de suas câmaras digitais. Ai me questiono. Quanto custa mesmo o registro desse momento? Deixamos isso pra lá rsss. Pois bem, faço o Carnaval de Zé Puluca porque gosto, e quero oferecer para todos um dia de alegria, com bastante sorriso, oferecendo nesse mundo de tantas tristezas, um momento de felicidade sem distinção. Até porque a festa é pública, e não privada. Nesse particular, destino meus agradecimentos a cada Familiar do Maestro Zé Puluca por acreditar no meu propósito maior. Que é salve guardar o legado do nosso eterno Maestro. Em tempo direciono carinhosamente e em especial, eterno agradecimento, a cada um dos nossos patrocinadores. Que ano a ano compram as nossas camisas. E graças a essas aquisições, possibilitam a nossa entidade de cunho cultural a realizar um genuíno carnaval "do povo", "para o povo" e "como o povo".

Que venham novos desafios, e com eles grandes carnavais!!!