sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

O charme do Carnaval de Zé Puluca são as ruas, praças e ladeiras de Bom Conselho!!!


Camarote? Que nada. No Carnaval de Zé Puluca o gostoso é percorrer ruas, praças e ladeiras, em um grande encontro familiar. Recém-nascidos, crianças, adolescentes, jovens e idosos desfrutam da Folia de Puluca como nos tempos de outrora. Nada de carro de som, nada de carnaval estilizado o negocio é cultura popular viva. A graça do Carnaval de Zé Puluca não está na formalidade dos camarotes e áreas VIPS, das pulseirinhas cujas tonalidades servem apenas para estratificar a alegria e definir com qual vodca sua caipirosca será batida. É poder misturar uva, leite condensado e sidra vendida nas barracas de caipifrutas a preço popular. Está na Folia de Puluca é poder ouvir os acordeons dos trompetes da orquestra de frevo com 50 músicos, nos conduzir a dançar cem vezes a mesma música, ao som do hino "Vassourinhas" (1909), de Matias da Rocha e Joana Batista Ramos, sem enjoar. É lindo poder ver a Praça Pedro II lotada de gente de vários lugares. Tudo dentro da boa convivência, gente linda, de sorriso fácil. Que a cada ano se entregam ao carnaval que rende homenagem ao maestro Zé Puluca.