quinta-feira, 15 de setembro de 2016

LANÇAMENTO DO CD DE GALO PRETO: Fundarpe convida presidente da AMABC


Atendendo o convite da Fundarpe, o presidente Carlos Alberto se reuniu na segunda-feira (12) com o Produtor Hugo Nascimento, Mestre Galo Preto e a Senhora Márcia Branco (vice-presidente da Fundape). Na pauta foi abordado o Lançamento do 1º Registro fonográfico do Patrimônio Vivo. Carlos Alberto defendeu junto com o Mestre Galo Preto e o seu Produtor Hugo Nascimento a realização do lançamento no distrito de Rainha Izabel, durante o Festejo de 2017 da Padroeira de Santa Izabel da Hungria, que será realizado no dia 19 de novembro.


A parceria envolvem até o momento, Governo do Estado de Pernambuco através da Fundarpe, Associação dos Músicos de Bom Conselho, junto com a Produção artística do Mestre Galo Preto. A Fundarpe através da sua vice presidenta informou ao presidente da AMABC que na tarde de hoje (15) entrou em contato com PMBC através de sua Diretoria de Cultura, onde A Prefeitura de Bom Conselho demonstrou interesse em participar também da referida parceria.


BLOCO DO PULULUQUINHA: Confirmado as presenças dos gigantinhos do Homem-da-Meia Noite e o Menino da Tarde


Os ícones do Carnaval Pernambucanos serão representados por suas versões mirins no I Bailinho do Pululuquinha, evento realizado pela AMABC, destinado ao público infantil da Cidade de Bom Conselho. Sob o comando do Carnavalesco e Produtor Cultural Carlos Alberto, será realizado no dia 12 de Fevereiro de 2017 o I Bailinho de Carnaval do Pululuquinha. A festa promete ser espetacular, onde o público infantil terá a oportunidade de conhecer um pedacinho do Carnaval de Olinda em Bom Conselho. A ideia partiu do próprio presidente da AMABC, Carlos Alberto que preferiu abdicar da sua candidatura/2016 a vereador de Bom Conselho, para pessoalmente cuidar dos preparativos das celebrações dos 90 Anos de Puluca e Ariano Suassuna em 2017.


BLOCO DO PULULUQUINHA: Chegou o primeiro gigantinho convidado


Quem segura o porta-estandarte tem a arte, tem a arte. Assim cantava MARACATU ATÔMICO      o olindense Francisco de Assis França Caldas Brandão, conhecido como Chico Science. Bom Conselho recebe o primeiro gigantinho que faz a alusão a memória do saudoso cantor e compositor    Chico Science. Com isso o primeiro convidado do I Bailinho do Pululuquinha. Começa a percorrer as escolas, educandários e colégios de Bom Conselho. Primeiro ponto de visita foi o Centro Educacional Mundo Encantado, situado na COHAB II. Sob olhares curiosos as crianças logo se familiarizam com bonequinho de Chico Sciencie. 

O contato com o bonequinho ajudou aproximar ainda mais a rica cultura dos bonecos gigantes com o público infantil bonconselhense. Levando conhecimento através de um dos ícones da cultura carnavalesca pernambucana. “Fantastico foi o encontro das crianças do Mundo Encantado com o gigantinho de Chico Sciencie, que logo de cara se familiarizaram com a figura alusiva, onde na ocasião puderam tocar o 1º Bonequinho convidado do Bloco do Pululuquinha. Um mar de sorriso foi o suficiente para deixarem as crianças mais a vontade com o boneco, que recebeu o carinho da criançada.


Registramos esse encontro com a certeza que o projeto Bloco do Pululuquinha será um grande sucesso. Estão previsto a chegada de outros gigantinhos: Homem-Meia-Noite, Menino da Tarde, Mulher do Dia, Lorde de Olinda, Capiba, Luiz Gonzaga, Mateus e Catirina entre outros. A imagem de Chico Sciencie é ainda bastante desconhecida nesse doce pedacinho de Pernambuco chamado Bom Conselho. 

Sciencie foi um dos principais militante do movimento maguebeat que através da mistura de ritmos regionais, como o maracatu, com rock, hip hop, funk rock e música eletrônica. Criou um censo de críticas ao abandono econômico-social do mangue, e da desigualdade no grande Recife. Os bonequinhos que participarão do I Bailinho do Pululuquinha, fazem parte do acervo cultural carnavalesco da Agremiação Carnavalesca “BONECOS MIRINS DE OLINDA”. Declarou Carlos Alberto. Presidente da AMABC, Idealizador do Carnaval de Zé Puluca, Ressaca do Tonho de Dinda e do Bloco do Pululuquinha.