domingo, 1 de dezembro de 2013

AMABC Concede Título de Sócio Benemérito a T.C.M. O Garoto de Guadalupe


Em Reunião Extraordinária da AMABC – Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho Concedeu Título de Sócio Benemérito a TCM O Garoto de Guadalupe, pelos relevantes serviços prestados, ao fortalecimento da Cultura Popular Carnavalesca do Estado de Pernambuco.

O presidente Carlos Alberto, diante da sua diretoria e associados, apresentou a indicação do Título de Sócio Benemérito, a Troça Carnavalesca Mista O Garoto de Guadalupe, na ocasião o presidente da AMABC falou da importância expressividade artística de Gustavo Alex, para Cultura de Pernambuco, seu dom artístico é por vocação.

Ainda em sua adolescência, Gustavo Alex foi tomado pelo desejo, de ter seu próprio Boneco Gigante, sonho de menino,  de origem humilde e sem recursos, seu primeiro molde, foi feito de barro, já que suas condições financeiras, não permitia comprar argila, material apropriado para realizar a escultura da cabeça do boneco.

Apesar das inúmeras dificuldades, o adolescente Gustavo Alex, confeccionou o Garoto de Guadalupe, que em 2014, completará seus 15 anos de folias e tradições, levando ao povo pernambucano, sua alegria nas ruas e ladeiras de Olinda.

Esse é o terceiro Título que a AMABC concede esse ano, agora o Garoto de Guadalupe, se juntará ao Mestre Ariano Suassuna e Mestre Galo Preto. Todos Sócios Beneméritos da Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho.

“Nossa entidade tem o privilégio de ofertar, esse humilde reconhecimento de Sócio Benemérito, a todos que fazem O TCM O Garoto de Guadalupe, essa importante expressividade artística da Cultura do Estado de Pernambuco. A obra do artesão Gustavo Alex, merece todos os aplausos do povo pernambucano, em nome da Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho, desejo que a expressividade carnavalesca do Garoto de Guadalupe possa atravessar gerações, levando o fervor contagiante do Carnaval de Pernambuco, para os quatro cantos do mundo, Salve o Garoto de Guadalupe, Salve o seu Carnaval.” Sentenciou Carlos Alberto, presidente da AMABC.