quarta-feira, 23 de julho de 2014

Valei-me minha Nossa Senhora, mãe de Deus de Nazaré!


Em uma passagem de João Grilo no Auto da Compadecida, o personagem de Mateus Nachtergaele, fala - Você pensa que eu me entreguei, mais eu não me entreguei não, eu vou apelar pra alguém que é gente como agente e tá aqui pertinho da gente. Valei-me minha Nossa Senhora, mãe de Deus de Nazaré, a vaca mansa da leite, e a brava dá quando quer, a mansa dasossegada, e a brava levanta o pé, Já fui barco, já fui navio, agora sou escalé. Já fui menino, já fui homem, agora só falta ser mulher. Valei-me minha Nossa Senhora, mãe de Deus de Nazaré! Assim Ariano Suassuna nos ensinou que devemos lutar até o fim, que precisamos nos apegar a nossa fé, que diante de Deus tudo pode acontecer, pois para Deus nada é impossível. 

Força Ariano, pois Nossa Senhora, mãe de Deus de Nazaré jamais desisti dos seus filhos!!!