sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Eles apoiam, incentivam, valorizam na difusão do III Carnaval de Zé Puluca


Os Ilustres edis: Márcia do Angico, Geninho Taveres, Neto Ferreira e Deda. Membros do Corpo Legislativo de Bom Conselho. Seguem em consonância ao Art. 215, § 1.º O Estado protegerá as manifestações das culturas populares, indígenas e afro-brasileiras, e das de outros grupos participantes do processo civilizatório nacional. Segundo José Márcio Barros, a “cultura refere-se tanto ao modo de vida total de um povo – isso inclui tudo aquilo que é socialmente aprendido e transmitido, quanto ao processo de cultivo e desenvolvimento mental, subjetivo e espiritual, através de práticas e subjetividades específicas, comumente chamadas de manifestações artísticas”

Receber apoio dos edis acima mencionados é garantir a todos os cidadãos bonconselhenses o efetivo exercício dos direitos culturais, o acesso às fontes da cultura municipal e a liberdade das manifestações culturais. “Os direitos culturais são parte integrante dos direitos humanos, cuja história remonta à Revolução Francesa e à sua Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789), que sustentou serem os indivíduos portadores de direitos inerentes à pessoa humana, tais como direito à vida e à liberdade.”
 
Obrigado Vereadores por ajudar a promover o fortalecimento do III Carnaval de Zé Puluca.

Com você no III Carnaval de Zé Puluca