terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

III CARNAVAL DE ZÉ PULUCA: Sob o ritmo da Orquestra do Homem da Meia-Noite


E porque não falar dos metais da Orquestra do Homem da Meia-Noite, Gigante ícone da cultura carnavalesca de Pernambuco.  Esse ano a 3ª Folia pré-carnavalesca que homenageia a memória do maestro Zé Puluca, contou com a presença da Orquestra Armação Musical, regida pelo renomado Maestro Carlos. Vindo direito das ladeiras da cidade alta de Olinda para Bom Conselho. Onde o espetáculo musical itinerante do III Carnaval de Zé Puluca foi regido pelos metais de uma das melhores orquestras do carnaval pernambucano. A pedida musical atendeu os mais variados gostos da musicalidade pernambucana. Onde frevos, marchinhas carnavalescas, hinos de blocos e grandes sucessos da música brasileira em ritmo de frevo, tomaram conta da "FOLIA DAS HOMENAGENS". Que a cada edição reúnem famílias inteiras de Papacaça e região.


Essa é a proposta cultural que a AMABC leva as ruas. Musicalidade carnavalesca de verdade. Músicas que representam o festejo de momo pernambucano. Canções que vem atravessando décadas, e que marcaram épocas. Cantos que saúdam a vida, o amor, a justiça social. Mais que também cortejam os valores das mulheres, das crianças e das nossas famílias. Onde o apelo sensual e do duplo sentido, são totalmente descartado. Hinos que valorizam o próximo e o pudor. Que mexe no fundo d’alma da gente. Que encantam gerações, brindando esse lindo sonho chamado vida.  


Não é a toa que os foliões bonconselhenses, não arredaram o pé, da Orquestra itinerante do Homem da Meia-Noite. Onde tiveram o raro prazer de desfrutar os clarins de momo, anunciando que Carnaval de Zé Puluca, já estava nas ruas de Bom Conselho, arrastando uma verdadeira multidão de foliões. Tocando Capiba, Nelson Ferreira, Alceu Valença, Almir Rouche, Elba Ramalho, Getulio Cavalcanti, Dalva de Oliveira, André Filho, Irmãos Valença entre outros. Musicalidade das boas. Condenadas a perpetuarem nos corações das pessoas que não abrem mão, pelo o bom gosto da boa música. Lindas canções que nos fazem sonhar, mesmo diante de uma realidade, que por muitas das vezes, nos faz chorar. 

Salve Zé Puluca, e seus eternos carnavais!!! 

Grifamos: Todos os créditos do registro fotográfico acima, são do Fotografo WAGNER MEDEIROS do Studio Kodak.