quinta-feira, 19 de maio de 2016

18 Capitais têm proposta contra o fim do MinC

Protesto Copacabana Palace - RJ

Manifestantes ocupam prédios em protestos contra extinção do MinC Ao menos 18 capitais registram protestos contra fim da pasta; veja locais. Governo Temer passou atribuições do MinC agora para a Educação.

Manifestantes contrários à extinção do Ministério da Cultura (MinC) ocupam nesta quinta-feira (19) prédios públicos ligados à pasta em ao menos 18 capitais, incluindo Brasília. Os atos têm participação de artistas e produtores culturais.

São registradas ocupações em Natal, Cuiabá, Belém, São Luís, Belo Horizonte, Brasília, Aracaju, São Paulo, Rio de Janeiro, João Pessoa, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Macapá, Maceió, Florianópolis, Porto Alegre e Recife.

Os grupos protestam contra a decisão do presidente em exercício, Michel Temer, de transferir as atribuições do MinC para a pasta da Educação, que passa a se chamar Ministério da Educação e Cultura (MEC). Na quinta-feira já havia várias ocupações contra o fim do ministério.

Em boa parte das cidades, os locais ocupados são sedes da Fundação Nacional das Artes (Funarte) e do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Os protestos também são contrário ao governo Michel Temer.

Com a repercussão negativa da decisão de incorporar o MinC à Educação, Temer já havia anunciado que toda a estrutura da Cultura será mantida, mas sem o status de ministério. Marcelo Calero, ex-secretário municipal de Cultura do Rio de Janeiro, assumiu a Secretaria Nacional de Cultura na quinta-feira (19).

Fonte:http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2016/05/manifestantes-ocupam-predios-em-protestos-contra-extincao-do-minc.html