sábado, 29 de outubro de 2016

CARNAVAL DE ZÉ PULUCA: Em busca de guia turistico regionalizado para França


O Idealizador do Carnaval de Zé Puluca, apresentará projeto de proposta para confecção de um guia que desponte a Rota Turística Cultural do Agreste Meridional Pernambucano. A principio o referido projeto será apresentado aos gestores municipais de: Bom Conselho, Terezinha, Brejão e Garanhuns. A ideia consiste em confeccionar um folder que envolvam os municípios acima citados. Informando suas festividades. Bom Conselho "Carnaval de Zé Puluca e ForróBom". Terezinha "Festa da Juventude". Brejão "Festa de Reis" e Garanhuns "Festival Domiguinhos", "Festival de Inverno" e "Natal Luz". Carlos Alberto pretende finalizar o referido projeto ainda nesse final de semana. Onde posteriormente apresentará a propositura a Secretária de Turismo do Estado de Pernambuco. Fomentando assim informações durante o Festival Steenvoorde na França. 

A região do agreste meridional pernambucano é uma extraordinária região do Estado mais rico em diversidade cultural do Brasil. Diversas possibilidade em desfrutar suas paisagens, festas e sabores. Presente em cada espaço natural ou nas cidades, desde as pequenas localidades até os médios e grandes centros urbanos. Sabemos que o ato de viajar proporciona a materialização dos sonhos mais diversos. E Pernambuco a cada ano ver crescer o turismo em varias regiões, com melhoria socioeconômica ajudando a cadeia turística pernambucana como importante atividade econômica, social e cultural: econômica porque envolve muitas atividades empresariais; social, pela possibilidade de inserção produtiva das pessoas; e cultural, na medida em que viajar contribui para o desenvolvimento dos indivíduos e na troca de saberes. Como é do conhecimento de muitos o Carnaval de Zé Puluca, através dos seus bonecos gigantes, representará o Brasil no 6º Encontro Internacional de Gigantes em Steenvoorde, na França. Encontro esse que reunirá representatividade dos 5 Continentes do Mundo. Sendo o referido evento único no mundo. Estão previsto a participação de 30 nacionalidades. Países esses já com histórico relevante em turismo no mundo. Uma grande oportunidade para divulgamos o turismo da nossa região”. Pontuou Carlos Alberto. Idealizador Presidente do Carnaval de Zé Puluca.