quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Zé Cícero Acordionista de Bom Conselho



Nossa jornada de recenseamento cultural desta vez chega ao Sítio Abóbora localizado no distrito de Logradouro dos Leões, zona rural de Papacaça, foi lá, que encontramos JOSÉ CÍCERO SANTINO INÁCIO, O Zé Cícero Sanfoneiro, amigo dos músicos; Basto Peroba, Tonho Buzunga, Mané Caju, Bain e Everaldo, genuínos artistas populares de Bom Conselho. 

Infelizmente Zé Cícero não consegue sustentar sua família do oficio de músico, é como agricultor que dignifica filhos e esposa, extraindo do solo mãe os benignos frutos que alimentam sonhos de vida mas prospera, filho do violista e rabequeiro Honório Caetano Inácio e sobrinho do sanfoneiro Francisco Santino.

Cícero Sanfoneiro, aprendeu o gosto de toca acordeom ainda muito jovem, há 16 anos que tocar sanfona, e foi do seu saudoso pai que ganhou seu primeiro acordeom, realizando seu sonho de menino, que através das suas travessuras tocava escondido o fole Todeschini do seu tio Chico.

Foi ainda como estudante da Escola Municipal do Sítio Forquilha, que deu inicio seu oficio como acordeonista, tocando pela primeira vez em público, a pedido da sua professora.