segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O bom-conselhense Mestre Galo Preto Patrimônio Vivo de Pernambuco

Tomaz Aquino Leão, Mestre Galo Preto é Patrimônio Vivo de Pernambuco. O Mestre Galo Preto é cantador, coquista, repentista e embolador, musico e compositor, percussionista e jazz man.


Nascido em 1935, no município de Bom Conselho de Papa-Caças, no hoje reconhecido quilombo de Santa Izabel - Pernambuco, é o último remanescente e representante da tradição do coco (dança e ritmo) daquela região.


Ainda criança foi apadrinhado pelo escritor Ascenso Ferreira, que admirado pelos seus pregões cantados e rimados, reconheceu o talento, a inteligência e a criatividade do menino pobre que vendia batatas na rua para ajudar no sustento da família.
 

Parceiro de grandes nomes da musica brasileira como, Jackson do Pandeiro, Cauby Peixoto, Arlindo dos Oito Baixos, Luiz Gonzaga, Jacinto Silva entre outros grandes nomes da sua época, na década de 70, se apresentou nos grandes programas da televisão brasileira, tendo reconhecimento nacional, sobre tudo pelas suas requintadas rimas, e profundas poesias de repente.