sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Pedro Bastos Homenageia Zé Puluca


''No Tempo de Puluca''   
 (Pedro Bastos)    

-  Xipê, Caveiras, Piranhas,
Fuscão Preto, Vencedor
Vumboramar, Adrenalina
onde afoguei minha dor.
Unidos do Vea Cruz
quanta saudade deixou
doces Lembranças Saudosas
do tempo bom que passou.

-  As maratonas de rua
Sábado de Zé Pereira
festas  e bailes no clube
que levantava a poeira
Lembro o maestro puluca
que saudade matadeira
Começar com vassourinhas
a ingrata quarta-feira.

-  Quando era quarta-feira
que vinha rompendo a aurora
já batia uma saudade
de alguêm que vai embora
e a orquestra tocava
'já está chegando a hora'
ó quarta-feira ingrata
cantando de rua a fora.

-  A Praça Pedro segundo
era o cantinho ideal
pra despertar de um mundo
de fantasia  irreal
os casais se abraçavam
na despedida final
e esperar mais um ano
o próximo carnaval


Fonte: http://oargonautabc.blogspot.com.br/2014/02/pedro-bastos-homenageia-ze-puluca.html