sábado, 14 de junho de 2014

AMABC é contemplada com novos patrimônios


É de onde menos que se espera que nascem as motivações para seguirmos cada vez mais adiante em nossa jornada cultural, comprometida pela valorização, preservação, difusão e resgate do patrimônio cultural material e imaterial, dessa linda estrela ainda a brilhar no infinito, chamada Bom Conselho.

Graças a Deus nem todos comungam de pensamentos e atitudes mesquinhas, seguindo na contramão de alguns filhos ilustres de Papacaça, surge o cidadão brasileiro de Palmeira dos Índios  - AL, chamado Maestro Aguiar, musicista por vocação, amante das belas artes, que mesmo não sendo de Bom Conselho, veio ao nosso encontro, incentivado pela rica manifestação cultural da AMABC, representada pelo Projeto Carnaval de Zé Puluca.

Mesmo sendo de longe, se fez entender da grande importância do trabalho que a Associação dos Músicos Amadores de Bom Conselho promove.

O Projeto do Carnaval de Zé Puluca, foi elaborado com fins exclusivo, em promover a memória da classe artística de Bom Conselho sem distinção, onde durante 5 anos consecutivos serão confeccionados dois novos Bonecos Gigantes a cada ano, que homenageará homens e mulheres do meio artístico de Papacaça. Um verdadeiro desafio para o presente, uma audácia para o futuro. 

Nosso modesto patrimônio cultural material e imaterial, ganhou novos acervos, trata-se de músicas de frevos que homenageiam, Bom Conselho, Puluca, Tonho de Dinda e Dominguinhos.

Composições essas doadas a AMABC pelo Maestro Aguiar, que fez questão de contemplar nossa entidade como a CESSÃO TOTAL EXCLUSIVA DE DIREITOS AUTORAIS, com letras e partituras, um patrimônio de valor Incalculável e imensurável para AMABC.

Por isso Cremos, com Sartre, “que o homem não é a soma do que ele tem, mas a totalidade do que ele ainda não tem, que ele ainda pode ter”.

Cremos que a vida não caminha para trás, mas procura teimosamente novos caminhos que a levem para frente. Por isso, tem que haver o amanhã, que nos pressagie dias melhores, mais plenos e mais intensos.

Obrigado  Maestro Aguiar por respeitar e acreditar no nosso trabalho !!!