sábado, 13 de junho de 2015

Carnaval de Zé Puluca: Dois anos de luta, conquistas e folia


Há exatamente dois anos a AMABC deu inicio ao CARNAVAL DE ZÉ PULUCA. Um projeto de valorização, resgate, preservação e difusão das expressividades culturais e artísticas de Bom Conselho. Iniciamos nossa jornada motivada pelo extraordinário legado do saudoso Maestro José Duarte Tenório (Zé Puluca), que em vida dedicou sua musicalidade a sua amada terra natal.


Nosso projeto a principio foi condenado por muitos, a ser mais um desejo que não sairia do papel. Fato esse, que graças a Deus, ganhou destino contrario aos céticos plantonistas. Já em nossa primeira folia realizada em 23 de fevereiro de 2014, tivemos o privilegio de contar com a presença de mais de 4 mil foliões. Gente de todas as idades, que foram as ruas, render suas homenagens aos gigantes de Zé Puluca e Pedro de Lara. Na ocasião o Festejo de Puluca contou como atração principal do seu multicultural evento, a memorável presença da SPOKFREVO ORQUESTRA. 


Em 20/06/2014 ao receber o convite da AMABC para ser patrono do Carnaval de Zé Puluca, o escritor Ariano Suassuna, no Hotel Tavares Correia (Garanhuns), enfatiza sua alegria, em poder representar a manifestação cultural carnavalesca, que traz em seu estandarte, as cores vivas do sentimento nativista bonconselhense. Sendo esse por desejo de Deus, seu último oficio em vida.  Falecendo três dias após, em se tornar perpetuo Patrono do Carnaval de Zé Puluca. 

Apesar das inúmeras dificuldades enfrentadas por nossa entidade, na realização da segunda edição da Folia de Puluca. Em 08 de fevereiro desse corrente ano, a AMABC homenageou o mestre Sanfoneiro Basto Peroba, confeccionando o seu boneco gigante, onde na mesma ocasião, também foi confeccionado o gigante do Escritor Ariano Suassuna, Patrono do Carnaval de Zé Puluca. Bom Conselho naquela ocasião assistiu o maior arrastão carnavalesco da sua história, onde mais de 10.000 foliões foram as ruas para frevar ao som da Orquestra de Frevo, acompanhando os bonecos gigantes de Zé Puluca, Pedro de Lara, Basto Peroba e Ariano Suassuna, até o seu Polo Carnavalesco. Onde ao som de Ronaldo Cesar e a Tropicana aguardavam com bastante ansiedade o extraordinário cantor e compositor pernambucano, Almir Rouche.


Para coroar os inúmeros esforços da Associação dos Músicos de Bom Conselho, em 11/05/2015, entrou em vigor a Lei Municipal de Nº 1.646/2015, onde Instituiu e incluiu no Calendário Oficial de Datas e Eventos do Município de Bom Conselho o Carnaval de Zé Puluca, que passou a ser também reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial de Papacaça. Para finalizar queremos agradecer a todos os foliões do Carnaval Multicultural de Zé Puluca, por prestigiar a nossa humilde agremiação. Que desde 2014 presta homenagem à memória artística de Bom Conselho. Em 2016 que venham os alusivos Bonecos Gigantes: Tonho de Dinda, Ivan Crespo e Galo Preto. Futuros homenageados do III Carnaval de Zé Puluca.